Prodesp - Tecnologia da Informação HomeOuvidoriaFale Conosco     SIC
 


Garantia da qualidade de rebanhos e plantações
17/novembro/2017

Nos últimos anos, o controle sanitário dos produtos agropecuários no Estado de São Paulo tem se tornado cada vez mais eficiente, ao mesmo tempo em que a vida do produtor rural vai sendo simplificada.

Tudo isso graças ao Gedave - Sistema de Gestão da Defesa Animal e Vegetal, desenvolvido e implantado pela Prodesp para a Coordenadoria de Defesa Agropecuária (CDA), da Secretaria de Agricultura e Abastecimento.

O sistema registra informações sobre vacinação de animais, certificação sanitária e fiscalização, entre outras, fundamentais para controle, combate e erradicação de pragas e doenças que atingem rebanhos e plantações, garantindo assim a qualidade dos alimentos consumidos pela população.

Outra função importante do Gedava, implantada recentemente, é o rastreamento de toda a cadeia do uso de agrotóxicos na agricultura paulista, desde sua produção ou importação até o descarte de resíduos e das embalagens vazias.

A vida do produtor rural também ficou mais fácil, eliminando-se, por exemplo, e necessidade de idas e vindas entre as unidades da CDA e o banco para emissão de dois documentos obrigatórios a GTA (Guia de Transporte Animal) e a PTV (Permissão de Transporte Vegetal). Agora tudo é feito rapidamente via Internet.

A emissão desses documentos de transporte é um bom exemplo de como o Gedave contribui para maior segurança sanitária / fitossanitária. O sistema bloqueia automaticamente a emissão da GTA e da PTV para propriedades que estejam em quarentena devido a alguma doença ou praga.

E dois aplicativos móveis, disponíveis no SP Serviços, permitem que os destinatários dos animais ou vegetais transportados, bem como agentes de fiscalização que, por exemplo, parem um caminhão na estrada possam consultar em tempo real a autenticidade e validade de GTAs e PTVs a partir de seus respectivos QR Codes.

A vida do produtor rural também foi simplificada com outros recursos do Gedave, como o envio pela Internet do relatório semestral obrigatório de inspeção do cancro cítrico e greening, relatando a eventual ocorrência dessas e de outras doenças em plantações de citros. Estabelecimentos de processamento de produtos de origem animal, nos casos em que a fiscalização sanitária cabe ao Estado, também informam eletronicamente os dados mensais de sua produção, declaração que anteriormente era entregue em papel nos escritórios da CDA.

O Gedave possui cadastrados hoje cerca de 213 mil usuários e 215 mil propriedades e emite ao ano, em média, 900 mil GTAs (Guia de Transporte Animal) e 150 mil PTVs (Permissão de Transporte Vegetal).

facebook twitter youtube
Guias da Transparência ABEP Prêmio e-Gov