Prodesp - Tecnologia da Informação HomeOuvidoriaFale Conosco     SIC
 


Na Prodesp, a TI é verde
28/Setembro/2016

TI Verde não é um termo meramente conceitual na Prodesp. Na empresa de tecnologia da informação do Governo do Estado de São Paulo, a preocupação com a sustentabilidade e com o impacto dos recursos tecnológicos no meio ambiente é uma prática cotidiana.

Em 2010, a Prodesp tornou-se a primeira empresa pública de TI a obter a certificação internacional ISO 14001, de Gestão Ambiental. Isso significa que periodicamente auditores externos vêm à empresa para confirmar se o compromisso com a sustentabilidade está refletido em suas ações. E sempre têm saído satisfeitos.

Em 2014, a Prodesp foi além. Aderiu ao Pacto Global da Organização das Nações Unidas, formalizando o compromisso de incorporar ao seu negócio as melhores práticas corporativas de respeito aos direitos humanos, ao meio ambiente e à ética, seguindo os objetivos de desenvolvimento sustentável propostos pela ONU.

Quem semeia em terreno fértil consegue bons frutos. Estes são alguns dos resultados conquistados pela Prodesp:

Redução do consumo de água

Entre 2013 e 2015, a Prodesp reduziu o consumo de água em sua Sede em 31,16%, com a adesão ao PURA (Programa de Uso Racional da Água) da Sabesp e medidas como o monitoramento diário do consumo, a instalação de redutores em torneiras e a conscientização de seus funcionários.

Reciclagem de resíduos

A instalação de Ecopontos, espaços onde os funcionários da Sede da empresa descartam papéis e outros materiais, permitiu o envio desse tipo de resíduos para empresas de reciclagem. A Prodesp também encaminha lâmpadas fluorescentes e o óleo lubrificante utilizado nos geradores para empresas especializadas em descontaminação e reciclagem. Apenas em 2015 tiveram essa destinação:

  • 8.049 lâmpadas
  • 17,3 toneladas de papel
  • 4,5 toneladas de papelão
  • 2,3 toneladas de plástico
  • 400 litros de óleo lubrificante

Preservação de áreas verdes

Dos 150 mil m2 de sua Sede, em Taboão da Serra, a Prodesp mantém 97 mil m2 de área verde, onde estão plantadas cerca de 300 árvores, das quais mais de 70 são frutíferas. Além disso, folhas e detritos da manutenção do jardimpassam por processo de compostagem para produção de adubo orgânico. Em 2015, foram produzidas 7,6 toneladas desse adubo, que volta para os próprios jardins da empresa, que abrigam diversos exemplares da fauna da região, como corujas, joões-de-barro e até gaviões.

facebook twitter youtube
Guias da Transparência ABEP Prêmio e-Gov