Cartão do Bolsa do Povo já pode ser desbloqueado pelo portal do programa

Meio milhão de cartões pré-pagos devem ser enviados aos beneficiários ainda este ano

Os beneficiários do Bolsa do Povo podem contar com uma nova funcionalidade no portal do programa – www.bolsadopovo.sp.gov.br. Desde o dia 01/10, os mais de 180 mil cidadãos que receberam cartões pré-pagos podem realizar o desbloqueio online, sem precisar entrar em contato com a central de atendimento, pelo telefone. Até o fim deste ano, mais de meio milhão de cartões serão destinados aos cidadãos atendidos pelo projeto.

Maior programa de assistência social da história de São Paulo, o Bolsa do Povo foi desenvolvido para unificar ações estaduais de transferência de renda, simplificando o compartilhamento de informações e o repasse dos valores correspondentes a cada beneficiário, além de criar novos benefícios. Cerca de dois milhões de pessoas em situação de vulnerabilidade social devem ser beneficiadas com o projeto.

Desde agosto deste ano, a Prodesp – empresa de Tecnologia do Governo paulista -, responsável pela operacionalização do programa, passou a enviar cartões pré-pagos aos beneficiários, para facilitar o acesso aos valores recebidos.

O cartão pré-pago pode ser usado como uma espécie de cartão de débito habitual, permite que sejam feitos saques em dinheiro, com o valor desejado, em terminais de autoatendimento do Banco do Brasil. Sempre que quiser podem ser usados para compras em estabelecimentos comerciais.

Quem ainda não tem o cartão do Bolsa do Povo, recebe o benefício por meio de voucher, e precisa sacar o valor integral. Para isso, o usuário deve acessar a área restrita do portal, a mesma em que agora é possível desbloquear os novos cartões.

Atualmente, fazem parte do Bolsa do Povo os programas Vale Gás, SP Acolhe, Ação Jovem, Renda Cidadã e Prospera Família, da Secretaria de Desenvolvimento Social; além de iniciativas de outras pastas como: Bolsa Talento Esportivo, Via Rápida, Bolsa Trabalho, Novotec Expresso, Bolsa do Povo Educação e Estudantes, Centro Paula Souza, Bolsa Empreendedor, Auxílio Moradia e Acolhe Saúde.